Foi publicado hoje, 30 de julho, no Diário Oficial da União, o veto da presidente Dilma Rousseff sobre a extensão da política de reajuste do salário mínimo para os aposentados do INSS. Esse reajuste consiste na variação do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores mais a inflação.

Dilma alega inconstitucionalidade na medida provisória, ou seja, viola a Constituição por vincular o reajuste do salário mínimo aos benefícios pagos pela previdência.

O veto ainda deve ser analisado pelo Congresso Nacional para que parlamentares aprovem ou não a medida. Se aprovada, o impacto nos cofres públicos seria de onze bilhões nos próximos quatro anos, segundo as contas do Ministério da Previdência.