A timidez de muitos participantes no primeiro dia do 15º Curso de Formação de Coordenadores deu lugar a uma emocionante sequência de depoimentos durante a avaliação final, na tarde da quinta-feira, 7 de julho. Se no início do evento parecia difícil tomar o microfone e emitir opinião diante de tantas pessoas, dessa vez as palavras saíram fácil. As vozes trêmulas não eram mais de nervosismo, e sim de emoção.

Sr. Geraldo se emocionou com a homenagem do colega Vinicius

Sr. Geraldo se emocionou com a homenagem do colega Vinicius

Como um fio condutor, três momentos consecutivos se destacaram perante os demais, com discursos que se alinhavam e completavam entre si, fechando o ciclo de mais um curso bem sucedido promovido pela entidade. Sem imaginar o que viria pela frente, Milla Fontenelle, advogada do SindMetal-GO, deu a deixa quando se disse encantada pelo método do educador Paulo Freire. “Aprendi a passar conhecimento para um grande grupo e ao mesmo tempo aprender com essas pessoas”, disse.

Na avaliação final, os participantes são livres para falar sobre o que aprenderam durante os três dias

Na avaliação final, os participantes são livres para falar sobre o que aprenderam durante os três dias

Vinicius Duque, auxiliar do departamento jurídico da entidade, foi o grande responsável por emocionar coordenadores, participantes e equipe de apoio. Ele completou a fala da advogada ao prestar um sincero reconhecimento e uma honrosa homenagem ao colega de quarto durante os três dias de curso, o Sr. Geraldo. “Aprendi demais com sua humildade e experiência de vida”, disse, emocionado.

O texto de Roberto Ferreira, lido em voz alta pelo coordenador Maxwell Carrijo, caiu como uma luva para o momento, capaz de traduzir em palavras as emoções que todos sentiram. Parte do texto destaca: “Quando procuramos compreender real e profundamente uns aos outros, abrimos as portas para soluções criativas e terceiras alternativas. Nossas diferenças deixam de ser obstáculos para a comunicação e o progresso”.