Os dias 20 de novembro são dedicados à celebração da Consciência Negra e, em tempos de intolerâncias, é fundamental que toda a sociedade reúna para exaltar esta data de reconhecimento da cultura afrodescendente.

Entre 2012 e 2016, o número dos que se declaravam brancos no Brasil teve uma redução. Já o número de pretos autodeclarados cresceu 14,9%, chegando 16,8 milhões.

Apesar dos negros e pardos representarem 54% da população do Brasil, eles são apenas 17% dos mais ricos. Em todos os lugares, os jovens negros são alvos da violência mais do que qualquer outra faixa da população. Esse é o reflexo da cultura de discriminação que ainda está enraizada na cultura do país.

Todos os trabalhadores brasileiros merecem igualdade e cidadania. Não existe cor diante da justiça e, por isso, a data da Consciência Negra nos lembra da importância de manter a luta pela liberdade de todos os povos, longe da opressão e do racismo.

O SindMetal-GO faz questão de reforçar o seu respeito a  cultura afrodescendente e reconhece conquistas desse povo, que trabalha diariamente, ajudando o Brasil a crescer.