Há cinco meses o comércio brasileiro vê piora para o setor. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), a confiança do comércio recuou 4,4% em março, na comparação com o mês anterior – na quinta queda consecutiva. Com o recuo, o índice atingiu 92 pontos, o menor patamar da série, iniciada em 2010.

Na comparação com março de 2014, o indicador mostrou queda de 24,7%.

“O setor se queixa do nível fraco da demanda e se preocupa com o estado geral da economia, o ambiente político e a queda forte da confiança do consumidor neste início de ano”, diz, em nota, Aloisio  Campelo Jr., Superintendente Adjunto para Ciclos Econômicos da FGV/Ibre.

A queda do indicador foi puxada pela piora na percepção dos empresários em relação ao momento atual, que registrou baixa de 8,8%, para 69,1 pontos. Houve piora também, mas menos acentuada, nas expectativas, de 1,5%, para 114,9 pontos. Ambos se encontram no nível mais baixo da série da FGV.

Fonte: G1