A beleza de muitos artigos de decoração realmente atrai os compradores, mesmo quando os preços são salgados. Uma árvore de Natal decorada pode custar até R$ 9 mil, dependendo dos apetrechos escolhidos pelo cliente. Os mais exigentes podem comprar um presépio externo, com estátuas de fibra em tamanho natural, por R$ 24 mil.

E muita gente não economiza quando o assunto é Natal. A gerente da Fabiamcê, Ângela Bacelar, conta que alguns clientes chegam a gastar mais de R$ 20 mil para decorar toda a casa. Segundo ela, este ano o mercado está focado no lúdico e trouxe muitas novidades em decoração, como a Vila do Papai Noel, cheia de bonecos que encantam as crianças. A decoração de Natal está cheia de cores fortes, como o roxo, pink e marrom.

A loja conta até com decoradores que ajudam os clientes a montar uma decoração dos sonhos. Ângela garante que as vendas estão melhores que em outubro do ano passado, que não foi tão bom. “Os clientes mais fiéis sempre são os primeiros a chegar e vão comprando aos poucos até chegar o Natal.”

A empresária e advogada Núbia Cristina Alves Rocha já começou a comprar os artigos de decoração de Natal de sua casa. Ela se orgulha de nunca ter repetido uma árvore de Natal, pois gosta de surpreender familiares e amigos todos os anos. Núbia conta que gasta cerca de R$ 3 mil. “É uma data muito especial, que as crianças gostam muitos e que alegra muito a casa. É uma época para comemorar.”

Mesmo nas lojas de artigos mais populares, a decoração vendida está mais sofisticada este ano. Na Big Lar, as árvores de Natal custam entre R$ 299 e R$ 1 mil, mas uma árvore já totalmente decorada chega a valer até R$ 5 mil. A loja também oferece o auxílio de decoradores para ajudar os consumidores mais exigentes a escolherem os itens certos, de acordo com cada estilo.

O gerente Gustavo Júnior informa que as compras foram 20% maiores do que no ano passado, mesmo com os preços cerca de 10% mais altos este ano. Os produtos começaram a chegar ainda em setembro para estimular o consumidor a entrar no clima da data. Nos próximos dias, a loja receberá mais dois contêineres de produtos. “Este tem de ser um bom Natal porque investimos na data.”

A loja Fina Casa também está confiante de que este será um bom Natal, por isso o estoque foi reforçado em 15% este ano e as vendas já começaram. A gerente Simone Viana informa que realizou um outlet do estoque de produtos que sobraram do ano passado e foi um sucesso. Amanhã à noite, a loja fará um evento especial para lançar sua nova coleção de Natal, que promete ser inovadora e agradar em cheio quem quiser surpreender os convidados.

O consumidor conhecerá o Papai Noel e renas ao estilo “animal print”, ou seja, vestidos com tecidos de oncinha. É possível até mesmo escolher uma árvore de Natal cheia desses detalhes inovadores. “Toda mulher gosta disso”, destaca Simone.

Novidades

O gerente da Loja Mais, Lourenço de Souza Júnior, diz que o estoque foi reforçado em 50% este ano por causa da variedade de artigos. Segundo ele, a decoração foi montada ainda em outubro para atender as empresas que compram no atacado para revender ou decorar suas instalações. Lourenço está confiante num bom desempenho do Natal, porque as vendas para o Dia da Criança foram acima do esperado. “A cada ano que passa, as indústrias estão mais criativas na decoração.”

O gerente da loja de importados Jing Xiang, Cleis Lean, diz que este Natal está mais eletrônico, com a decoração cheia de lâmpadas de LED. Elas estão nas mangueiras de decoração de ambientes e árvores, que custam a partir de R$ 5 o metro, e até nos Papais Noéis, a partir de R$ 24,99. Os artigos começaram a chegar na semana passada e já são procurados por pessoas que querem revender ou decorar casas e empresas.

Fonte: O Popular