O cidadão goianiense passa a contar, a partir desta segunda-feira (22/9), com um novo modelo de carteira de identidade. Com tecnologia biométrica, o documento deve, segundo especialistas, reduzir a possibilidade de fraude e reforçar o sistema de segurança em Goiás.
 
A princípio, a emissão do novo modelo só será possível na unidade do Vapt-Vupt Campinas, sendo que a ampliação do serviço deve ocorrer até fevereiro do ano que vem. A iniciativa é do Instituto de Identificação da Secretaria da Segurança Pública de Goiás, e integra o Programa Goiás Biométrico.
 
A primeira via é gratuita. Para a segunda via, será cobrada uma taxa de R$ 23,47. A foto e impressões digitais do cidadão serão coletadas biometricamente. A carteira de identidade será entregue ao solicitante em um prazo de quatro dias úteis, ou seja, pelo menos 11 dias a menos que o prazo necessário para o documento convencional. Em caso de segunda via, ela será entregue assim que solicitada.
 

Fonte: A Redação