Com o acordo de hoje, os metalúrgicos ganharão R$ 18 mil de PLR, além de um abono de R$ 7.000, somando um pacote, portanto, de R$ 25 mil

Os 4.000 metalúrgicos da fábrica da Volvo em Curitiba encerraram, nesta sexta-feira (18), a greve que paralisou completamente as atividades da unidade nos últimos três dias.

Os funcionários protestavam contra o valor da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) oferecido pela empresa.

Com o acordo de hoje, os metalúrgicos ganharão R$ 18 mil de PLR, além de um abono de R$ 7.000, somando um pacote, portanto, de R$ 25 mil.

A proposta inicial da empresa era de R$ 15 mil de PLR, mais um abono de R$ 6.000.

Além da PLR, os trabalhadores também fecharam o reajuste salarial deste ano, que será de 3% de ganho real. A proposta inicial da Volvo era de 2,51% de aumento real.

A direção do Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba, ligado a Força Sindical, comemorou o acordo, que considerou “excelente”.

A fábrica da Volvo em Curitiba e a principal unidade da empresa na América Latina, e produz caminhões, ônibus e motores a diesel para todo o mercado sul-americano.

Fonte: Folha.com