Nesta sexta, 17, no centro do Rio, a CNTM, liderada pelo presidente Miguel Torres,  reuniu sua diretoria executiva, presidentes das Federações filiadas e representantes de Sindicatos de Metalúrgicos.

Objetivos: reforçar a luta contra as “reformas” trabalhista e da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional, e decidir pela participação da categoria metalúrgica em todos os Congressos Estaduais rumo ao Congresso Nacional da Força Sindical, pela unidade de todas as categorias e por um posicionamento firme em defesa dos direitos, da retomada do desenvolvimento, com geração de emprego, e do trabalho decente.

Um manifesto também foi aprovado por todos os participantes da reunião extraordinária da CNTM para que a ministra do STF Rosa Webber receba os dirigentes metalúrgicos em uma audiência para falar sobre a  ação da CNTM que pede a inconstitucionalidade da “reforma” da Previdência.

Fonte: CNTM