18/05/2016

Os empregados da DEC Brasil voltaram às atividades na quarta-feira, 18 de maio, depois de cinco dias de greve por atraso no pagamento do salário e falta de recolhimento do FGTS. O sindicato conseguiu arrancar uma decisão da empresa  que se comprometeu a quitar o salário do mês de abril imediatamente e parcelar os depósitos do FGTS e do imposto de renda.

Diretoria do sindicato dá o parecer das negociações com a empresa e obreiros voltam a trabalhar

Um acordo com o SindMetal-GO foi assinado, ficando estabelecida uma multa  valor de R$100,00 por dia caso a empresa não cumpra o compromisso. Os empregados aprovaram a proposta em assembleia realizada pelo sindicato e voltaram ao trabalho imediatamente, após conferir o depósito do salário na conta bancária.

Rubens Moreira, soldador na empresa, se diz satisfeito com o resultado. “Se não fosse o sindicato nós ainda estaríamos sem receber e pior, desinformados. Após a intervenção da entidade, sabemos o que acontecerá a partir de agora” afirma. O presidente do SindMetal-GO, Eugênio Francisco, destaca a união dos operários. “Isso demonstra que, quando há mobilização, a vontade do trabalhador prevalece” comemora.