Após reunião com o SindMetal-GO, empresário afirma que resolverá irregularidade

Na manhã da sexta-feira (5) o presidente e a equipe de base do SindMetal-GO realizaram reunião com os empregados da Caldeiraria Oliveira. O motivo do encontro são as irregularidades cometidas, como atraso no pagamento do 13ª salário de 2016 e 2017, FGTS não recolhidos e atraso nos salários mensais desde outubro do ano passado. Para a surpresa dos presentes, o empresário, ao perceber a união entre classe trabalhadora e sindicato, convidou o presidente da entidade para conversar sobre os assuntos pendentes.

O presidente do SindMetal-GO, Eugênio Francisco, conversou pessoalmente com os trabalhadores

Na quinta-feira, 4 de janeiro, a equipe do Sindicato tentou marcar reunião com os trabalhadores, mas a direção da empresa dificultou o encontro. Posteriormente, foi solicitado à Superintendência Regional do Trabalho uma fiscalização para averiguar as devidas irregularidades.

Ficou acordado que ainda hoje será repassado aos trabalhadores parte da verba. Terça-feira (9) o proprietário da empresa deve se reunir com o presidente do SindMetal-GO para apresentar propostas de quitação dos débitos pendentes.

Os trabalhadores irão aguardar nesta sexta-feira o repasse dos valores atrasados. Caso não recebam, entrarão em contato com a assessoria de base do Sindicato. A equipe da entidade está atenta ao caso e não desistirá até que todas as irregularidades sejam resolvidas.

Os trabalhadores depoistaram confiança na equipe do Sindicato

Veja mais fotos aqui