Depois de quase três anos, os trabalhadores receberão pagamento por meio do SindMetal-GO

Entre os anos de 2005 e 2006 a direção da Brasmom abusou do direito que seus empregados conquistaram na Convenção Coletiva de Trabalho da categoria. Além de transformar o lanche no período matutino e vespertino em dinheiro, passou mais três anos sem reajustar o seu valor.

O SindMetal-GO perdeu a paciência com a embromação da empresa e em 2010 ingressou com processo na Justiça do Trabalho pedindo a devida indenização. A entidade sindical figurou como substituto processual por se tratar de um direito coletivo e falta de cumprimento de cláusula convencional.

Depois que os advogados da Brasmom ingressaram com todos os recursos para adiar a ação, finalmente a sentença foi transitada em julgado e a partir do dia 12 de julho a grana começa a ser depositada na conta dos empregados substituídos. O montante bruto da condenação atinge quase R$ 200 mil e será dividido de acordo com o tempo de trabalho no período mencionado e beneficiará 188 trabalhadores.


Trabalhadores da Brasmon recebem dinheiro de indenização do lanche que estava na justiça 

Para que o pagamento ocorra, o empregado deverá comunicar o número correto de sua conta bancária ao Departamento Jurídico do sindicato até dia 5 de julho. Aos que não possuírem conta bancária, poderá receber o benefício na tesouraria da entidade, mediante apresentação de documento de identificação com foto. A lista dos beneficiados está disponível aqui no site, na recepção do SindMetal-GO e na empresa.

Na opinião do presidente da entidade, Roberto Ferreira, um sindicato atuante e representativo precisa ter um corpo jurídico competente, que entenda a exploração a que os trabalhadores são submetidos no sistema capitalista brasileiro e avisa: “que esse processo da Brasmom sirva de exemplo para outras empresas que não cumprem os direitos assegurados aos trabalhadores”, conclui.

 

 Clique aqui para ver a relação dos nomes beneficiados

 

Veja Também: 

> Brasmom deverá pagar diferença do valor de lanche aos trabalhadores

> Metalúrgicos encerram greve depois de paralisação 24 dias

> SindMetal-GO já bate recordes de acordos coletivos firmados

 

Fonte: Assessoria de Comunicação SindMetal-GO