Confiança da indústria na economia cai em março

O Índice de Confiança da Indústria (ICI), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas, caiu 1,5% em março, ao passar de 106,6 pontos (em fevereiro) para 105. O indicador que classifica a percepção da indústria de transformação sobre a economia mostra que esse foi o pior nível desde setembro do ano passado.
 
No trimestre terminado em março, a sondagem com 1.212 empresas mostrou desalento do setor em relação ao presente. O Índice da Situação Atual (ISA) teve redução de 1,4% com 104,2 pontos. Já na projeção para os próximos três meses, embora o Índice de Expectativas (IE) tenha caído 1,6% com 105,9 pontos, o nível está acima da média histórica (103,2 pontos), revelando que os empresários acreditam em melhora.
 
Para 21,6% dos consultados, a situação atual é boa ante 24,6% que tinham essa mesma avaliação em fevereiro. Entre os que classificam como fraca houve um aumento de 10,3% para 15,2%. Na apuração sobre a produção para os três meses seguintes, 36,5% responderam que acreditam em aumento, mantendo-se estável. Em sentido oposto, a proporção do que esperam uma queda  nas atividades aumentou de 4,7% para 8,4%.
 
O levantamento mostra ainda que o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) ficou estável em 84,1%.

Fonte: O Popular (GO)