Segundo o site Climatempo anunciou nas últimas horas de ontem, “uma grande massa de ar quente, que domina todo o interior do País, irá se intensificar ainda mais ao longo das próximas 120 horas (até domingo, portanto), principalmente entre as regiões Centro-Oeste, Sudeste e parte do Sul”.
Com o ar estagnado sobre a região central da América do Sul, o aquecimento diurno tende a ser ainda mais intenso entre hoje e domingo. Ainda segundo a nota, vários municípios, que já atingiram recordes de temperatura absolutos, ou apenas as maiores marcas de 2014, ainda podem registrar novos valores superiores até domingo, pelo menos.
De acordo com o Climatempo, “as simulações numéricas mostram que o momento ápice da ‘bolha’ de ar muito quente será entre sábado e domingo e o núcleo mais intenso sobre o nível de 850 hPa (1.500 metros de altitude) estará atuando com força entre Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná”.

Domingo
Nestes Estados, diz o Climatempo, “bem como vem sendo observado, quase que diariamente, os valores de temperatura máxima previstos em superfície devem superar facilmente os 40°C e com grandes chances de extremos próximos de 45°C (à sombra) na tarde de domingo devido à ação do vento pré-frontal, que antecede a chegada de uma frente fria”.
Esta estimativa alarmante, no entanto, é vista com cautela pelo Sistema de Meteorologia da Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia (Sectec). Para os técnicos do órgão, as temperaturas não devem passar dos 37ºC até domingo, com sensação térmica de até 41ºC, dependendo de onde a pessoa se encontra e de variáveis físicas que influem nessa sensação, como a existência de área verde, a impermeabilização do solo, etc.
Ontem, a máxima registrada na capital foi de 36,6ºC, às 15 horas, com sensação térmica de 40ºC, e umidade relativa do ar mínima de 13%, o que caracteriza “estado de alerta”.
Quanto às chuvas, os técnicos do Simego não preveem chuvas para breve. “Nossos modelos indicam que entre os dias 21 e 23 de outubro poderão ocorrer precipitações, deverão ser apenas pancadas rápidas ou chuviscos esparsos”.

Fonte: O Hoje