A BMW afirmou nesta quinta-feira (27) que a decisão sobre abrir uma fábrica no Brasil deve sair dentro de três ou quatro semanas.

O diretor de vendas da montadora, Ian Robertson, disse que todas as fábricas no mundo estão operando na capacidade máxima.

Segundo ele, a montadora não vê nenhuma necessidade de programas de corte de custos, como ocorreu com a rival Mercedes, apesar de ver o próximo ano com cautela.

“Os mercados continuarão desafiadores na Europa em 2013 e provavelmente em 2014”, disse Robertson hoje, em evento do setor em Paris.

“Vamos entrar no próximo ano com cautela, mas temos nossa base de custo sob controle e sabemos quais alavancas puxar”.

 

Fonte: Folha de São Paulo