O assessor político do SindMetal-GO, Mateus Correa da Silva, junto a outras entidades comunitárias e sindicais do Estado, entregaram na manhã de terça-feira (13 de setembro), moção de apoio ao presidente da OAB-GO, Henrique Tibúrcio, contra o novo horário de funcionamento do Tribunal de Justiça de Goiás: de 12h às 19h.

Instituições como Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg), Associação dos Jovens Empresários de Goiás (AJE-GO), Federação Goiana das Associações de Moradores (Fegam), Movimento Mobiliza Goiás e Sindicato Nacional dos Aposentados (Sindnapi) defendem o retorno do funcionamento do expediente em período integral do TJ-GO.

Mateus Correa explica o motivo do apoio. “Este horário de funcionamento está prejudicando a população goiana. Um processo que antes demoraria um ano para ser concluído, agora vai demorar cinco”, acredita.

 

 

 

 

Veja também:

>> Saiba o que é o Prêmio por Assiduidade e Pontualidade

>> Goiás é campeão na geração de empregos

>> População goiana está mais endividada, segundo Procon Goiás