Os aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) serão convocados pelos bancos onde recebem o benefício a fazer a comprovação de que estão vivos. O Ministério da Previdência divulgou comunicado nesta quarta-feira para informar que os segurados não precisam se apressar e comparecer às agências bancárias antes de serem chamados.

No comunicado, a pasta ressalta que a convocação tem como objetivo “evitar aglomerações e outros problemas no atendimento”, causada pela ida desordenada. A finalidade da apresentação do beneficiário é evitar pagamentos indevidos, melhorar o controle pelas instituições bancárias e atualizar o cadastro do INSS.

Na apresentação, o segurado tem ainda de estar munido de documentos que comprovem que é beneficiário do INSS, além da atualização de endereço. O próprio segurado deverá ir até o banco. Se houver impossibilidade, será possível enviar um representante legal ou procurador cadastrado no INSS.

As agências terão anúncios sobre a convocação, que também será feita por meio do comprovante de pagamento, saldo ou extrato impresso no terminal da agência bancária.

No Estado de São Paulo, há 6,4 milhões de beneficiários da Previdência –todos deverão ser chamados pelos bancos para apresentar a prova de vida.

Dos 6,4 milhões de beneficiários no Estado, 2,8 milhões que recebem por cartão magnético já tinham de se dirigir anualmente ao banco para renovar a senha de acesso ao sistema bancário. A partir de agora, todos aposentados e pensionistas terão de comparecer à sua agência bancária, independentemente de receberem o valor da aposentadoria por cartão magnético, em conta corrente ou conta poupança.

Com isso, mais 3,6 milhões de beneficiários no Estado passarão este ano a atualizar seus dados anualmente na rede bancária.

Fonte: Folha.com