Em janeiro de 2016, a empresa Metal Light retirou a cesta básica que fornecia aos empregados. Depois de ter conhecimento do fato, a diretoria do SindMetal-GO entrou em contato com os empresários avisando que iria ingressar com uma ação na justiça. Antes que o processo fosse aberto, a Metal Light decidiu voltar atrás na decisão e retornar o fornecimento.

Quando o empregador passa a fornecer este benefício por vontade própria, não pode suspendê-lo sem que haja comum acordo com os empregados. Em reunião, o presidente do SindMetal-GO, Eugênio Francisco, conversou com os empresários e decidiu que os empregados receberão novamente os alimentos no dia 19 de outubro.

O encarregado da assessoria de base do SindMetal-GO, Remerson Rocha, explica que o recebimento da cesta ajudará no bolso do trabalhador. “No final do mês, o metalúrgico economizará um dinheiro que gastaria comprando o que está na cesta. Ela complementa e ajuda bastante dentro de casa”, afirma.