O maior sindicato da indústria e os empresários do setor anunciaram hoje ter chegado a um acordo

O maior sindicato da indústria e os empresários do setor anunciaram hoje ter chegado a um acordo que inclui uma subida de 4,3% dos salários dos 3,6 milhões de trabalhadores do setor.

O líder do sindicato Berthold Huber disse que o acordo, que estará em vigor até maio de 2013, representa um bom resultado para os trabalhadores do setor da metalurgia e previne possíveis greves.

O acordo coletivo entre a IG Metall e os patrões na região de Baden-Wuerttemberg, onde estão as fábricas da Daimler e da Porsche, abrange o aumento dos salários, garante a situação dos estagiários e limita a utilização de trabalhadores temporários.

O presidente da associação industrial da metalurgia alemã Martin Wuerttemberg referiu que o acordo, inicialmente definido para os 800 mil trabalhadores metalúrgicos da região, será aplicado em todo o país.

O IG Metall procurava obter uma subida de 6,5%, um objetivo que relacionava com a reação da economia alemã à crise financeira.

Fonte: SOL (AGO)