São Paulo – Uma decisão do TRF (Tribubal Regional Federal) da 1ª Região permite que um estudante que cursa o ensino superior público receba também bolsa integral do ProUni (Programa Universidade para Todos) e não pague pelo curso em instituição privada de ensino superior. As informações são da Agência Brasil.

A União já foi notificada e tem 30 dias para recorrer ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) ou ao STF (Superior Tribunal Federal). O prazo começou a contar no último dia 17, informou o TRF.

A ação foi movida por um estudante de Teresina. Segundo o relatório do desembargador federal Souza Prudente, ele faz curso de direito na UFPI (Universidade Federal do Piauí). Além disso, ele cursa medicina, com bolsa integral do ProUni na Novafapi. A decisão permite que ele continue recebendo bolsa integral até a conclusão da graduação em medicina, mediante bom desempenho acadêmico.

Fonte: O Popular