O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Goiânia (SindMetal-GO), na pessoa do presidente da entidade, Eugênio Francisco de Oliveira, refuta veemente a matéria publicada no site Folha de São Paulo, no último sábado, 25 de março de 2017. A reportagem afirma que centrais sindicais negociaram com o presidente Michel Temer apoio às reformas Previdenciária e Trabalhista. Em troca, o governo daria suporte para retomar a cobrança da contribuição assistencial.

O SindMetal-GO reforça o posicionamento contrário às Reformas e reafirma que continuará realizando e participando de atos que levam à população informações sobre essas propostas. A entidade também discorda com um possível reajuste no texto das Reformas – para o Sindicato, a medida de Temer em nada beneficiará a classe trabalhadora e tem apenas o objetivo de retirar direitos das categorias. A luta do SindMetal-GO foi, é e sempre será em prol do trabalhador.

Goiânia, 27 de março de 2017.

Assessoria de Comunicação SindMetal-GO