As vendas de combustíveis no Brasil caíram 4,5% em 2016 ante o ano anterior, para 135,436 bilhões de litros, na segunda retração anual consecutiva, informou nesta quinta-feira (16) a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Em 2015, o recuo foi de 1,9%.

As vendas de gasolina C, com adição de etanol, subiram 4,6%, enquanto as de diesel B, com adição de biodiesel, caíram 5,1%.

Já o consumo de etanol hidratado, que havia sido de 17,863 bilhões de litros em 2015, caiu para 14,586 bilhões de litros em 2016, uma redução de 18,3%.

Ainda segundo a ANP, as vendas de gás liquefeito de petróleo (GLP) aumentaram 1,1%, de 13,249 bilhões de litros para 13,398 bilhões de litros. O gás natural veicular (GNV) apresentou crescimento de 3,2 % no volume comercializado, passando de 4,820 milhões de m³/dia para 4,976 milhões de m³/dia.

Houve ainda redução na venda querosene de aviação (QAV) de 8%, de 7,355 bilhões de litros para 6,765 bilhões de litros.

Fonte: G1