A greve, que começou na segunda-feira, 19 de dezembro, ainda não acabou. Os empregados, junto com o SindMetal-GO, reivindicam pagamento dos salários sem atraso, repasse do FGTS e INSS. O presidente do SindMetal-GO, Eugênio Francisco, esteve hoje na porta da empresa acompanhado de dirigentes sindicais.